Agrishow is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

Informa
Informa


FEIRA PRESENCIAL

29 de abril a 03 de Maio de 2024
Horário: 9h às 18h
Ribeirão Preto - SP - Brasil


Empresas de implementos agrícolas comemoram vendas fechadas em dois dias

A programação de amanhã da Agrishow contará com: a solenidade de posse da Câmara Setorial de Equipamentos de Irrigação da ABIMAQ, a partir das 11h, no estande das Realizadoras da Agrishow, situado na Praça Central, o lançamento do Prêmio Mulheres do Agro 2023, às 14h30, no Agrishow Pra Elas, e a palestra Ciência do Agronegócio: Desafios e Oportunidades para a Comunicação, ministrada pelo professor da Universidade de Illinois (EUA), Eric Morgan, por às 15h30, na Sala de Imprensa

As empresas de implementos agrícolas festejam as primeiras vendas efetivadas na Agrishow 2023 – 28ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, que vai até sexta-feira, dia 5 de maio. A Jumil, que está com lançamentos na feira, como a plantadeira JM Expressa e a semeadora adubadora Garra, comemora os resultados positivos no primeiro dia. "Vendemos 130% a mais do que na edição passada", informa o engenheiro agrônomo Rômulo Venturini, coordenador de marketing. 

O gerente comercial da Grazmec, Mário Bandeira Filho, emitia notas fiscais na tarde do segundo dia de feira, otimista. “Temos 20 vendas efetivadas, não intenções de compras”, explica. Isso representa cerca de R$ 2 milhões, com prazo de 40 dias para entregar os implementos. A meta é superar os R$ 10,5 milhões de 2022. Desde 2011 na feira, a Grazmec produz máquinas para tratamento de sementes para cultivos de soja e milho. 

A Inroda, de Avaré (SP), também fechou os dois primeiros dias com pelo menos R$ 2 milhões em vendas, 10% do total de 2022 (R$ 20 milhões). “A meta é superar o ano passado, ou pelo menos igualar”, afirma o supervisor de pós-venda da empresa, Bruno Gustavo da Silva. A empresa produz implementos de preparo do solo. O maior faturamento da Inroda vem dos estados de Goiás e Mato Grosso e as negociações diretas com os produtores rurais ocorrem até os últimos dias de feira. 

Na Antoniosi, as vendas estão dentro do esperado, segundo o diretor comercial da empresa, Eduardo Mondini. A meta é superar a edição de 2022 entre 10% e 15%. Os principais implementos são voltados para a cana. 

A Agrishow é uma iniciativa das principais entidades do agronegócio no país: Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB - Sociedade Rural Brasileira, e é organizada pela Informa Markets, integrante do Grupo Informa, uma das maiores promotoras de feiras, conferências e treinamentos do mundo com capital aberto.

_________________________________________________________________________________

Mulheres ampliam a força e a presença no campo

Seja no talhão ou nas máquinas agrícolas, as mulheres ocupam cada vez mais o espaço do agro brasileiro. A Agrishow 2023 – 28ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação ressalta a importância feminina no setor com o Agrishow Pra Elas. Em sua segunda edição, a iniciativa é o ponto de encontro das mulheres, promovendo uma série de debates.

A produtora piauiense Lucia Bortolozzo visita a feira e participa ativamente de iniciativas para as mulheres do agro. “Precisamos fortalecer ainda mais nossa representatividade no campo, começando pelas entidades de base, como os sindicato, associações e eventos, como a Agrishow”, destaca a produtora de café em Araraquara e de soja, milho e algodão, em Uruçuí no Piauí.

Também visitando o espaço estavam as produtoras Karina Catto, que arregaçou as mangas e está se firmando no agro à frente do sítio Rio do Peixe, na cidade paulista de Dois Córregos, que produz hortaliças e frutas, e a produtora Rosana Teixeira Arle, de Marília e a produtora Rita de Cássia Caetano, de Terra Roxa. “Apesar dos grandes avanços que vemos nos últimos anos, a mulher ainda tem muitos desafios para superar no agro”, pondera.

____________________________________________________________________________

Caminhões são vendidos com o novo sistema que regulamenta emissão de poluentes 

Com a entrada em vigor do sistema Euro 6, um conjunto de normas que regulamentam a emissão de poluentes para motores a diesel desde 1º de janeiro, as empresas fabricantes de caminhões apresentam na Agrishow 2023 – 28ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação os seus produtos já atualizados para seguir a exigência ambiental. 

“Relançamos toda a família de caminhões, com mais de 30 modelos e 270 variações, focando em eficiência, conforto, segurança e tecnologia”, diz o diretor de marketing da Volkswagen Caminhões e Ônibus, Luciano Cafure. Para a empresa, a feira representa a maior oportunidade de negócios neste ano e os produtos voltados ao agro estão em exposição, como o Delivery 11180 (pequeno porte), o Constelation 32380 (6x4) e o Meteor 29530 (6x4), este mais voltado para o escoamento de grãos. 

Com a expectativa de que o mercado melhore com a renovação de frota para os modelos que atendem a Euro 6, a Scania demonstra otimismo nos negócios após o primeiro dia de feira, já efetivando vendas, informa o analista de marketing Rafael Meroti. Para o agro, a empresa apresenta o Super Bitrem 500 cv para o setor florestal e o Super 6x4 500 cv, um rodotrem com capacidade para 90 t de grãos. Outro destaque é o P280 6x4, movido a gás e biometano.

Na DAF Caminhões, os veículos também seguem as normas Euro 6, como o CF bitruck (8x2), CF 6x2 e o lançamento XF 6x4, este com 530 cv e capacidade legal para 91 t (para até 11 eixos), voltado para o setor sucroalcooleiro. 

Da mesma forma, a Mercedes-Benz expõe 5 caminhões de quatro famílias do agro: Accelo 1017 (voltado para serviços de apoio nas fazendas), Atego 2730 (mais vendido para apoio nas fazendas, cana, combate a incêndio), Arocs (para as áreas florestal e de cana) e Actros 2651 (robusto e que transporta até 74 toneladas).

___________________________________________________________________________

GUIA DÁ DICAS SOBRE COMUNICAÇÃO E REPUTAÇÃO POSITIVA DO AGRONEGÓCIO

 

A comunicação como ferramenta para aumentar a reputação positiva do agronegócio é o conteúdo do Guia de Comunicação para o Agronegócio (Editora Aberje), do jornalista Nicholas Vital, que teve pré-lançamento nesta terça-feira (02) na Agrishow 2023 – 28ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação.

“A falta de comunicação do agro contribuiu para problemas reputacionais do setor e o livro surgiu de uma demanda das próprias empresas por uma comunicação mais eficiente”, observou o autor.

A obra traz informações importantes para a construção de um diálogo eficaz entre a empresa e públicos diversos e como ela pode e deve ser usada para ressaltar a relevância econômica, social e ambiental, tanto da empresa em si quanto do próprio agronegócio.

“O conteúdo apresenta o que existe de mais moderno em termos de comunicação, com exemplos/cases que se mostraram eficazes para ampliar o diálogo do agro com a sociedade. Busca auxiliar e orientar as pessoas de comunicação dentro das empresas e, mais importante, levar essa informação também para as lideranças, fundamentais no trabalho de criar uma cultura de comunicação dentro das organizações”, ressaltou o Vital.

__________________________________________________________________________________

De Olho no Material Escolar fecha parcerias com grandes empresas para mobilizar cerca de 3 mil estudantes na Agrishow 2023

Cerca de 3 mil estudantes da região de Ribeirão Preto tem a oportunidade de conhecer as melhores práticas do agronegócio brasileiro, em temas como inovação, produtividade e agenda ASG (ambiental, social e de governança), durante a Agrishow 2023 – 28ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, graças a uma parceria entre a associação De Olho no Material Escolar e grandes empresas relacionadas ao setor, com apoio também da Prefeitura da cidade.

“Vivenciando a Prática” é o nome da atividade que levará os alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio para uma imersão educativa em processos de pesos-pesados como Jacto, John Deere, Coopercitrus, Sicoob Cocred, Cimoagro/Bayer, Stara, Credicitrus, Coplacana, Romancini, Ocesp – Sicoob SP, Massey Ferguson, New Holland e Bradesco.

__________________________________________________________________________________